Você sabe diferenciar a gripe, resfriado e rinite alérgica do novo coronavírus?

Atualizado: Mar 26

Nos últimos dias tivemos nossas vidas e atenção voltadas para o novo coronavírus. Junto com o novo vírus também chegou o outono, e com ele o número de pessoas gripadas inevitavelmente aumentam. A entrada do outono preocupa, pois, o clima frio e seco favorece a proliferação do vírus e espera-se uma alta de casos nesse período. O vírus acaba tendo mais vida útil no ar, no período de outono/inverno, do que no calor, onde a sobrevivência dele fora do corpo é mais curta, conforme a BBC News Brasil (março, 2020). Como a covid-19 é um tipo de gripe, é comum que os sintomas se pareçam, mas você precisa observar alguns diferenciais para concluir se é hora de ficar em alerta.


Conforme uma análise da Organização Mundial de Saúde (OMS) com 56 mil pacientes da China, 80% dos infectados desenvolveram sintomas leves (febre, tosse e, em alguns casos, pneumonia), 14% têm sintomas graves (dificuldade em respirar e falta de ar) e 6% quadros críticos (insuficiência pulmonar, choque séptico, falência de órgãos e risco de morte). Se você não faz parte do grupo de risco e apresenta sintomas leves, basta seguir as orientações, que são:

  • isolamento social;

  • repouso;

  • monitorar a febre;

  • buscar alimentos que aumente a imunidade.

Já há casos de pacientes curados, onde os sintomas costumam desaparecer dentro de algumas semanas. Os sintomas entre resfriado, gripe e rinite alérgica são bem parecidos, mas você consegue diferencia-los com pequenos detalhes.


COMO DIFERENCIAR O COVID-19 DA GRIPE, RESFRIADO E RINITE ALÉRGICA?

Segundo pesquisas, a covid-19 é uma infecção respiratória parecida com a tuberculose e o vírus pode ficar encubado de 1 a 14 dias no corpo humano, com mais frequência de manifestação dos sintomas em 5 dias.

Entre os sintomas apresentados pelos pacientes, os mais comuns são a febre (cerca de 88% dos casos), a tosse seca (quase 68%) e a fadiga (38%). A dificuldade de respirar aconteceu em quase 19% dos pacientes, enquanto sintomas como dor de garganta e dor de cabeça atingiram cerca de 13%. Já a diarreia foi um sintoma de apenas 4% das pessoas com o novo coronavírus.


As pessoas que fazem parte da pequena porcentagem de casos graves e críticos, foram classificadas como grupo de risco. O cuidado especial não deve ser somente de quem integra esse grupo, mas de todos que convivem com elas.


Grupo de risco: Pessoas idosas e com condições de saúde pré-existentes (como pressão alta, doenças cardíacas, doenças pulmonares, câncer ou diabetes) parecem desenvolver doenças graves com mais frequência do que outros.

A covid-19 e a gripe possuem sintomas muito parecidos, porém enquanto a covid-19 causa cansaço e fadiga, a gripe é uma das únicas que causa dores musculares e dura de três a cinco dias, fator que pode ajudar a diferenciar as duas, porém não é regra e casos os podem variar.


A orientação dos profissionais de saúde é que, caso esteja com sintomas leves, monitore-os em casa, sem procurar unidades de saúde. A preocupação é que, ao procurar uma unidade de saúde, o paciente pode estar apenas com uma gripe comum e acabar sendo infectado no trajeto ou até mesmo no próprio hospital, já que a gripe abaixa a imunidade e aumenta a vulnerabilidade.


Se tratando de resfriado, os sintomas são mais leves e em geral, respiratórios — coriza, congestão nasal, tosse e dor de garganta.


Infectologistas pedem que, mesmo com sintomas leves, todas as pessoas que estiverem gripadas ou resfriadas, devem utilizar máscara para entrar em contato com outras pessoas, higienizar bem todas as superfícies que tiver contato e manter a etiqueta ao tossir ou espirrar. Cuidado nunca é demais neste momento!

As síndromes respiratórias alérgicas, comuns em períodos como outono e primavera, podem provocar coriza e congestão nasal, comuns a gripes, resfriados e à covid-19. Mas são marcadas normalmente por espirros, e dificilmente provocam tosse ou febre, o que ajuda a diferenciar.


Quem sofre de rinite alérgica, deve sempre ficar alerta as prevenções de contágio, já que os sintomas como irritação nos olhos, coceira no nariz, coriza, espirros e congestão nasal, nos leva involuntariamente as mãos no rosto a todo momento, um ponto importante para evitar o contágio pelo covid-19.



COMO É REALIZADO A TRANSMISSÃO DO COVID-19?

A transmissão é realizada de forma direta e estima-se que uma pessoa infectada transmite o vírus, para no minimo, mais três pessoas. As formas de contaminação mais comuns são através de:

  • gotículas de saliva;

  • espirro;

  • tosse;

  • catarro;

  • contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;

  • contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.


COMO PREVENIR O CONTÁGIO

Para se prevenir, basta tomar alguns cuidados que deveriam fazer parte do nosso dia a dia, mas não damos a atenção devida:

  • Lavar bem as mãos com álcool água e sabão e utilizar álcool em gel;

  • Cobrir o nariz e a boca a espirrar ou tossir;

  • Evitar aglomerações, mesmo se não estiver doente (as vezes o infectado não apresenta sintomas) ;

  • Manter os ambientes ventilados;

  • Não compartilhar objetos pessoais;

  • Evitar tocar o rosto;

  • Descartar imediatamente lenços de papel ou similares utilizados ao espirrar ou tossir.


ACESSE MAIS INFORMAÇÕES
  • Busca alimentos e receitas para aumentar a imunidade? Preparamos uma matéria com várias dicas, acesse.

  • Sem saber o que fazer na quarentena? Listamos várias coisas legais que na rotina, você pode ter esquecido como se faz! Confira como não surtar na quarentena.

  • Deseja ler mais sobre o Coronavírus e tirar dúvidas? A BBC e a OPAS possuem informações confiáveis para que você possa aprimorar seus conhecimentos sobre o assunto. Busque sempre fontes confiáveis e verifique a veracidade das mesmas, antes de divulgar qualquer assunto.


Nos vemos amanhã, com novos assuntos interessantes,

Letícia Canal e Pamela Nogueira.


PS.: ao final desse texto, chegamos a conclusão de que Pamela só estava com rinite alérgica.

66 visualizações1 comentário
Arara.jpg

BLUE TRIP

  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco

Planalto

Vila Velha

Espírito Santo, Brasil

Telefone: (27) 30721808

Whatsapp: (27) 99601-2082

reservas@agenciabluetrip.com

COMERCIAL

bluetripcomercial@gmail.com

(27) 99623-6985